O PAPEL ESTRATÉGICO DO RH (2 a . parte)

Em comentário anterior (“O Papel Estratégico do RH”), abordamos a questão de qual seria o papel de Recursos Humanos na estratégia das organizações. Em paralelo, visitamos a questão dos motivos pelos quais o RH, ainda hoje, estaria em estágios de desenvolvimento tão desiguais entre as empresas.

Neste segundo artigo da série submetemos uma proposta mais específica sobre o papel de Recursos Humanos nas empresas e sobre quais seriam as suas principais atividades.

Convém ressaltar inicialmente que não basta o DRH ter visão de negócios, pensamento estratégico e capacidade técnica. Isto é apenas um bom começo . Para que a organização beneficie-se destas características, obtendo o máximo engajamento de seus colaboradores, as atividades pertinentes também devem ser valorizadas pelos mais altos níveis da direção. Não se trata prestigiar o DRH em si como um departamento da organização, mas sim de encarar a boa gestão de recursos humanos como parte da filosofia do próprio negócio.

Numa visão concisa, o DRH teria quatro áreas principais de atuação:

Atração de talentos.
Desenvolvimento de colaboradores.
Retenção de talentos.
Novas tecnologias de gestão.

Evidentemente, existe uma escala muito ampla de atuação em cada uma dessas dimensões, tanto em extensão como em profundidade. As atividades podem ser executadas tanto de maneira simples, ajustadas às necessidades presentes, como podem ser muito aprofundadas, alcançando níveis estratégicos e com visão de presente e de futuro (pretendemos relatar, em próximos artigos, experiências positivas e inspiradoras sendo executadas por diversas empresas).

Atração de talentos.

O talento, ao lado do capital, move a organização e faz as coisas acontecerem. A tecnologia e a capacidade instalada dependem de recursos humanos capacitados para operá-las. O que seria, por exemplo, de um carro de Fórmula 1, mesmo em equipes de ponta, sem um piloto à altura do equipamento? Tanto nesta modalidade esportiva, como nas empresas, trata-se de uma competição disputadíssima, em que recursos de pesquisa e desenvolvimento, produção, tecnologia, capital, treinamento e recursos humanos são finalmente colocados na pista com o objetivo de manter uma posição competitiva. Sem um ajuste perfeito nessas pré-condições, várias escuderias sequer se classificam para participar das provas, enquanto outras encerram suas atividades e muitas outras nem sonham em participar deste seleto campeonato. A participação bem sucedida é sempre o resultado de uma combinação bem ajustada de recursos físicos e humanos, como acontece em qualquer empresa.

A atração dos melhores talentos do mercado, contudo, nem sempre é o objetivo maior da atividade de recrutamento e seleção, mas sim a atração dos talentos mais adequados para o negócio. Em qualquer situação, salários superiores não são o único fator para atração de profissionais. Há diversas outras dimensões envolvidas neste processo, tais como o potencial do ramo do negócio, as perspectivas de carreira, o estilo de gestão, o conceito da empresa no mercado, e tantos outros aspectos de atratividade (ver o quadro no anexo). Mesmo quando o DRH não dispõe de todos os fatores de atratividade à sua disposição - até porque vários deles extrapolam a sua área própria de atuação -, ainda assim ele pode manter a visão desses requisitos em prioridade, buscando alcançá-los na medida das suas possibilidades.

Desenvolvimento de colaboradores.

O foco no desenvolvimento é outra das responsabilidades fundamentais do RH. Se as competências existentes estão aquém das exigências do negócio, o RH oferece ferramentas para o seu desenvolvimento, utilizando para isso a criatividade e todos os recursos disponíveis. Nas situações mais favoráveis, em que o quadro de colaboradores já é o adequado para as necessidades da empresa, o RH antevê as exigências futuras que os avanços tecnológicos ou a estratégia mercadológica imporão sobre os recursos humanos, e atua na modelagem do novo perfil de competências que se fará necessário.

Retenção de talentos.

A retenção de talentos será sempre a conseqüência de boas políticas gerais e de RH praticadas na empresa. Profissionais competentes valorizam empresas sólidas que oferecem um bom ambiente de trabalho, boa comunicação interna, estilo de gestão participativo, boas práticas comunitárias e ambientais, oportunidades de contínuo aprendizado e desenvolvimento, e bom conceito no mercado. A remuneração tem sua inegável importância, mas bons profissionais dificilmente se deixam seduzir por ofertas que impliquem apenas em salários mais elevados.

Novas técnicas de gestão.

Outra responsabilidade fundamental da área de RH é a de constituir-se em uma janela aberta para inovações tecnológicas na área de gestão. Neste sentido procura informações, avalia criticamente as tendências e traz para dentro da organização metodologias e procedimentos que apoiem o atingimento de resultados e que, ao mesmo tempo, propiciem maior produtividade, crescimento profissional e satisfação pessoal dos colaboradores. Nesta área, assim como em outras disciplinas da Administração de Empresas, o progresso recente tem sido notável, como por exemplo, na gestão por processos e competências (remuneração, avaliação, treinamento e desenvolvimento por competências), no aconselhamento dos profissionais, na metodologia do trabalho em equipe, em ações de responsabilidade social e comunitária, entre tantas outras.

Em conclusão, a partir de uma atuação participativa nos objetivos maiores da empresa, o papel de RH na estratégia do negócio seria o de identificar e atrair os talentos mais adequados, desenvolver as competências necessárias no quadro de colaboradores, reter esses indivíduos na organização e trazer para a estrutura metodologias que dêem suporte ao atingimento de metas e resultados. Profissionais aptos, capazes, dedicados e comprometidos instrumentalizam a obtenção de maior competitividade e resultados crescentes, e fazem toda a diferença. Um círculo virtuoso.

Este quadro relaciona algumas atividades relevantes de RH e outras características importantes para atração e retenção de talentos.

 

Um abraço a todos,

Paulo Murayama Rose Maciel

 

 

Qualidade, Inteligência e Experiência
Nossos compromissos com você